Tag Archives: Mulher

Paris, Je t’aime

1 maio

Somos brasileiras, mas amamos o estilo das parisienses. Elas vivem na capital da moda e respiram bom gosto 24h/dia. Mas, como todas as mulheres do mundo, elas tem seus segredinhos e todos stão reunidos no best-seller A Parisiense, de Ines de La Fressange.

O livro traz dicas de moda para o cotidiano e todas as ocasiões (festas, viagem para o campo…). O melhor de tudo, há várias fotos, da modelo Sophie Gachet (filha da autora), dos estilos, para que a leitora compreenda melhor. Os textos são divertidos e sem jargões.

A Parisiense é uma mulher como todas as outras, ela trabalha, estuda, cuida da casa, mas está sempre impecável. Quando estamos bem arrumadas, a auto estima fica lá em cima e passamos esta sensação de bem estar para as pessoas à nossa volta. A obra nos ensina a nos sentirmos melhor e usarmos aquilo que fica bem em nós. Este é o grande ensinamento do livro, “o segredo de um bom estilo é sentir-se bem dentro de uma roupa”.

Além de estilo, há ainda roteiro de passeios, restaurantes e lojas que são imperdíveis de se conhecer na capital francesa.

Vale muito a pena ter este manuel de estilo e mantê-lo sempre por perto, para estarmos prontas, e lindas, em qualquer evento.

Anúncios

Mulher, com M maiúsculo

13 jan

Assistimos ao filme “A verdade nua e crua” e todos os homens que o viram confirmaram a veracidade de todos os conceitos e atitudes referentes ao comportamento masculino. Admitindo, assim, que os rapazes pesam o tempo todo pensando em sexo, ligam, e muito, para a beleza exterior e só querem se divertir. Mas, em algum momento da vida, se apaixonam de verdade e se comportam igual as mulheres (fazem loucuras, se declaram, se emocionam e não param de pensar no ser amado).

O filme “500 dias com ela” mostrou muito bem este lado masculino desconhecido. O fato é que esta comédia romântica fez com que muitas mulheres se identificassem com o papel de Joseph Gordon-Levitt, principalmente com a cena em que mostra a expectativa do rapaz e o que realmente aconteceu. Nós, mulheres, fazemos muito isso. Imaginamos o que ocorrerá, de forma tão encantadora, romântica e, até mesmo, tola. Quando o acontecimento se torna real, o esperado era muito melhor e, por isso, ficamos tristes ou bravas com os amados. Exemplo: o namorado fala que tem uma surpresa. Expectativa: jantar romântico à luz de velas, música calma, declarações de amor. Realidade: um ingresso para o UFC.

A personagem da Zoey Deschanel apresenta a mulher que após tantos casos amorosos fracassados e desilusões começa a se comportar como o homem.

Este é o pano de fundo da comédia “A costela da Adão“. A esposa (Katharine Hepburn) quer acabar com o machismo, mas se torna o homem da relação. O marido (Spencer Tracy) , por sua vez,  para mostrar a esposa como consegue usar das mesmas artimanhas sentimentais da esposa, torna-se a mulher.

Trocas de papéis não são novidades. Comportamentos femininos presente nos homens, também não. Estes filmes são prova disso.